telhado2.jpg - 192,75 kB

Por ser um material naturalmente resistente e relativamente leve, a madeira é frequentemente utilizado para fins estruturais e de sustentação de construções. O que se verifica é o aperfeiçoamento das técnicas de construção com esse material, que atrai não só pela beleza, mas também pelo isolamento térmico e acústico que proporciona, por sua resistência e até diminuição dos custos da obra.

A madeira é um dos materiais mais utilizados em arquitetura e engenharia civil. Nos seus diferentes modos de utilização, a madeira pode fazer parte de vários ambientes, principalmente nas estruturas, coberturas, móveis rústicos e decorações, podendo ser utilizada ainda no uso para acabamento interno da casa, como em batentes, portas e pisos como assoalhos, tacos, entre outros.
Atualmente, as indústrias passam por explicações de forma mais clara e transparente a respeito das formas de plantio e colheita e de questões como manejo sustentável. Um aspecto importante é o aumento de inovações de sustentabilidade na cadeia produtiva da construção com madeira. Cada vez mais edifícios são construídos com a utilização de madeira certificada nas obras e a instalação de sistemas de conservação de água e energia.

  •    Caibros: elemento componente do madeiramento do telhado. Atua no sentido longitudinal da queda d’água do telhado. Age juntamente com as ripas na distribuição das cargas sobre todo o madeiramento.
  •   Escoras: peça que sustenta ou serve de assistência a um elemento construtivo quando este não suporta a carga a ele exigida.
  •     Dormentes: elemento usado na composição de escadas e peitoris. Também é utilizado para assentar os trilhos das estradas de ferro.
  •     Pranchas: peça de madeira plana e delgada, destinada a diversos fins.
  •     Tábuas: peça de madeira plana e delgada, própria para pisos.
  •     Vigas: elemento estrutural responsável pela sustentação de lajes. A viga transfere o peso das lajes e dos demais elementos (paredes, portas, etc.) para as colunas.


Uso da madeira em construção
Desde os tempos antigos, a madeira é utilizada de diversas formas a fim de ajudar no bem-estar do homem. Seja de maneira funcional, fazendo parte de estrutura de casas, cobertura e proteção contra fenômenos naturais, tornando-se lenha para uma fogueira, etc, ou de maneira decorativa, tomando a forma de mesas, cadeiras e outros móveis.
Com o passar dos anos, as técnicas de construção com madeira, seu melhoramento em relação à resistência ao tempo e a forma que este material é utilizado na arquitetura foram aperfeiçoados. A madeira pode ter a mesma resistência de uma estrutura construída com outro material, além de ser isolante natural, térmico e acústico. O conforto numa casa de madeira é percebido através da manutenção de temperatura sempre estável, em qualquer época do ano.
A madeira possui características naturais que transformam cada objeto produzido único e inigualável. A variedade de espécies e suas diversas colorações acentuam ainda mais seu charme e exclusividade. É necessário se preocupar com a aparência da madeira, observando se não possui rachaduras, fungos ou nós que comprometam sua resistência. Ao realizar a sua obra, se atente a estes cuidados:

  •     Evite pontos de condensação de água;
  •     Aplique impermeabilizantes nos encaixes e nos apoios;
  •     Utilize a madeira sempre 20 cm ou mais acima do solo;
  •     Deixe espaço livre entre o assoalho e o solo e entre o forro e a cobertura para ventilação;
  •     Procure adequar o projeto às peças com medidas de mercado;
  •     Utilize as espécies mais adequadas ao seu projeto;
  •     Procure utilizar as peças de acordo com o projeto, de forma a evitar perda com cortes desnecessários;
  •     Verifique a possibilidade de reuso das peças, dando-lhe uma sobrevida maior. Isso significa economia de dinheiro e matéria-prima.
     

 

Fonte: Madecal