A falta de manutenção faz com que as portas de uma casa - principalmente as mais antigas - passem despercebidas no dia a dia. Mas, chega uma hora em que até mesmo elas precisam ser renovadas. Isso não significa, no entanto, que você precise substituir todas elas. Em alguns casos, ideias simples e fáceis de serem aplicadas dão conta do trabalho ao mesmo tempo em que ajudam a transformar o ambiente como um todo. E o melhor: tudo isso pode ser feito sem a ajuda de profissionais. 

Dar uma repaginada nas portas não precisa ser complicado, basta seguir alguns passos simples para chegar a um acabamento perfeito e um lindo resultado final. Além disso, atitudes simples como essa geram economia e o aprendizado de novas técnicas que sempre podem ser aprimoradas ao longo dos anos. 

Tonalidades e tipos 

Depois do modelo, a cor é uma das principais características a ser levada em conta na manutenção, pois ela está diretamente ligada ao tipo da madeira e as possibilidades que elas oferecem. 

Nas portas de madeira escura, como a andiroba, é costumeiro usar óleo de peroba, pois hidrata e proporciona brilho e proteção. 

No caso da madeira clara, como o ipê, não é recomendado o óleo de peroba, pois pode manchá-la definitivamente. O ideal é usar cera incolor pastosa com silicone, fazendo teste em uma pequena área antes de continuar. 

Cautela 

Para entender o procedimento dos reparos, é importante levar em conta duas características essenciais, que estão ligadas à área de instalação da porta: no interior ou exterior da casa. As portas internas, por estarem livres da exposição a intempéries e raios solares, possuem acabamento mais duradouro. Os mais usados atualmente são feitos com lustrador (que mantém a madeira em sua cor natural), stain (impregnante) incolor ou colorido, tinta esmalte ou laqueação em poliuretano. 

Já as portas externas são agredidas pelo tempo quando não recebem a devida proteção, seja com tinta incolor ou colorida. O acabamento em cores costuma ser mais durável, pois a pigmentação funciona como proteção aos raios UV. O acabamento incolor é o mesmo empregado nas portas internas: verniz, stain, tinta esmalte e laqueação. Nesse caso, o acabamento deve ser aplicado previamente à instalação. 

Restauração 

Um dos procedimentos eficientes está em renovar sua porta de madeira dando acabamento com tinta esmalte. Para isso, você vai precisar de: 

- Jornal ou papelão para cobrir o chão 
- Pano limpo 
- Massa para madeira 
- Tinta esmalte à base de água 
- Chave de fenda e alicate 
- Máscara para proteção 
- Luvas 
- Bandeja para tinta 
- Rolo médio 
- Trincha 
- Fita crepe 
- Lixa para madeira 
- Espátula 

Com todos os materiais em mãos, siga os passos abaixo: 

Forre a área próxima à porta; 

.Cubra com fita crepe ou retire, usando a chave de fenda e alicate, as partes móveis da porta, tais como maçanetas, espelho e trincos; 

.Utilize a lixa para retirar a pintura atual. Não se esqueça de usar as luvas e máscara para proteção - a partir daqui haverá bastante poeira; 

.Passe um pano limpo e úmido para retirar o excesso de poeira e deixar a superfície lisa; 

.Certifique-se de que a superfície esteja uniforme. Em caso negativo, com o auxílio da espátula, passe a massa de madeira para cobrir furos, espaços vazios e cantos danificados ou com lascas e rachaduras; 

.Passe novamente a lixa, dessa vez nos lugares onde a massa foi aplicada; 

.Prepare o material para pintura e dilua a tinta esmalte à base de água de acordo com as instruções do fabricante; 

.Mergulhe o rolo na tinta esmalte na bandeja, retire o excesso e comece a pintar de baixo para cima, da esquerda para a direita. Repita o processo quantas vezes for necessário até que fique uniforme. Geralmente, quatro demãos são suficientes. Para alcançar as áreas mais difíceis e finalizar, utilize a trincha. Pinte também o batente. Lembre-se: o intervalo recomendado entre demãos deve ser de cerca de 24 horas. Mesmo assim, verifique as instruções do fabricante, pois pode haver variações; 

.Retire a fita crepe das áreas protegidas e, assim que seco, recoloque as partes móveis; 

Importante: no caso de inchaço nas lâminas, deve-se retirar a porta e aplanar as partes inchadas para que volte a fechar corretamente sem prender ou raspar no fundo. 

Outras dicas 

Dentro da casa, prefira o acabamento branco, pois proporciona sensação de aconchego; 

Aproveite para não se prender demais a padrões. Não há problema em ter uma cor para o lado interno da porta e outra para a face externa, já que elas têm uma funcionalidade específica para cada cômodo. Inove!